Viva sob a Graça e desfrute



...Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço...Porque será como o arbusto solitário no deserto e não verá quando vier o bem... - (Jr 17.5,6)

Há duas conotações neste versículo. Primeira podemos confiar nas pessoas , mas desconfiando. Como? com sabedoria, com inteligência, sem criar muita expectativa, pois pessoas falham, pessoas erram.


Segundo, é a pessoa que confia no seu esforço próprio. São os se gabam e chegam dizer ou pensar: "Ah! se não é eu , nada acontece..." Não consegue perceber que existe alguém muito maior do que ela, e que está concedendo tudo quanto ela precisa para fluir.

Mas por confiar em si próprio , não percebe as bençãos que cruzam o seu caminho.



Confiar em seus próprios esforços, te deixa arrogante...




Ao colocar a sua confiança em seus esforços próprios, a pessoa se torna arrogante e se sente a tal , inconscientemente despreza os que fazem parte do seu convívio e não consegue ver que o outro também é capaz. Não valoriza as pessoas que as ama e chega até negligenciar os que mais necessitam do seu olhar e apoio.



Não conseguem ver o bem...


Quando um bem, uma resposta, uma boa notícia chega, ela não consegue ver, desfrutar, se alegrar e porque? Porque pessoas que põem sua confiança no seu esforço próprio não conseguem ver nem perceber que as bençãos vem do Pai Celestial, vem do Alto.





A benção do Senhor é que enriquece, e ele não acrescenta dores. (Pv 10.22)

Por outro lado, as pessoas que vivem à merce da Graça, sabem que tudo quanto acontece de bom para com elas, vem do Favor Imerecido de Deus. Compreendem que não mereciam , mais veio sobre elas. Por causa do amor do Pai por elas.

São pessoas que continuamente agradecem.


Logo, seja grato com o que você já tem. Valorize o que Jesus Cristo fez por você lá na Cruz do calvário. Todo ser humano merecia o castigo eterno. Mas a obediência de Jesus Cristo nos favoreceu.

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo